PCVB

Version in English I

Theatro D. Pedro

Voltar

Visitação: Terça a domingo de 10h30 às 17h mediante consulta. Visitação restrita em dias de espetáculo. Agendamento de grupos: (24) 2235-3833. Entrada franca para visitação.

Prédio em estilo eclético com traços da arquitetura art-nouveau e art-déco, inaugurado em 1933, pela Empresa D’Angelo e Cia. Ltda. Restaurado e reaberto em 2003 pela Prefeitura de Petrópolis é considerado uma referência cultural e artística para Petrópolis, para o estado do Rio de Janeiro e para o Brasil. A decoração interna, de autoria do petropolitano Carlos Schaffer reúne estilos geométrico, mitológico e futurista, como flores com corolas viradas para baixo.

No conjunto arquitetônico que hoje compõe o Centro Histórico de Petrópolis, o Theatro D. Pedro se destaca pelo estilo eclético. É possível encontrar, em suas linhas, referências às diversas tendências arquitetônicas em voga no início do séc. XX. O conjunto remete ao Art-Déco e ao Art-Noveau, conjugando motivos geométricos e um meticuloso trabalho nos gradis de ferro trabalhado. Motivos florais possibilitam pensar numa transição para o Construtivismo, ao passo que o pó-de-pedra de sua austera fachada é uma marca do Modernismo. A pintura decorativa interna, executada pelo artista petropolitano Carlos Schaefer, seguia motivos que o artista, formado em desenho e pintura na Alemanha, chamava de “futuristas”: flores de traço neoclássico, mas com as corolas voltadas para baixo. A estas se unem odaliscas e arabescos retirados de um álbum italiano sobre alegorias decorativas para teatro apresentado aos construtores pelo consultor italiano Roberto Caburi. Especializado em teatro-acústica, Caburi foi contratado para garantir que o prédio tivesse todas as características necessárias para comportar, inclusive, óperas e operetas.

O prédio foi restaurado e reaberto em 2003 pela Prefeitura de Petrópolis.

Programação Cultural: disque-turismo (0800-0241516) ou www.petropolis.rj.gov.br.