PCVB

Version in English I

PARNASO - Parque Nacional da Serra dos Órgãos

Voltar


Ingresso: Conforme tabela.Turistas brasileiros posuem 50% de desconto. Informações e agendamentos para grupos: Tel: (24) 2236-0475/ (24) 2236-0258

É um dos melhores locais do país para a prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada, rapel e outros; além de ter fantásticas cachoeiras. O Parque tem a maior rede de trilhas do Brasil. São mais de 130 quilômetros de trilhas em todos os níveis de dificuldade: desde a trilha suspensa, acessível até a cadeirantes, até a pesada Travessia Petrópolis-Teresópolis, com 30 Km de subidas e descidas pela parte alta das montanhas.

Entre as escaladas destacam-se o Dedo de Deus, considerado o marco inicial da escalada no país, e a Agulha do Diabo, escolhida uma das 15 melhores escaladas em rocha do mundo.

Foi criado em 1939  para proteger a excepcional paisagem e a biodiversidade deste trecho da Serra do Mar na Região Serrana do Rio de Janeiro. São 20.024 hectares protegidos nos municípios de Teresópolis, Petrópolis, Magé e Guapimirim.

O Parque abriga mais de 2.800 espécies de plantas catalogadas pela ciência, 462 espécies de aves, 105 de mamíferos, 103 de anfíbios e 83 de répteis, incluindo 130 animais ameaçados de extinção e muitas espécies endêmicas (que só ocorrem neste local).

O primeiro registro de caminhantes no Parque Nacional da Serra dos Órgãos que se tem notícia da data de 1817, quando dois naturalistas austríacos atravessaram a Serra do Mar, rumo à Minas Gerais e São Paulo, colecionando espécimes da fauna e da flora ali existentes, passando pela Serra dos Órgãos.

A maior área do Parque localiza-se em Petrópolis. São variados os atrativos e as atividades de ecoturismo ali desenvolvidas: banhos de cachoeira, rappel, escaladas, caminhadas, a famosa Travessia Petrópolis-Teresópolis,  que pode ser feita em 2 ou 3 dias, com 42 km de trilhas, e a Via Ferrata, uma trilha que possui equipamentos de segurança como escadas e corrimões em cabo de aço, degraus de ferro, pontes tipo tibetana e falsa baiana em toda a sua extensão.

Para a sua segurança, contrate o serviço de guia especializado em ecoturismo.

Visitação: 8h às 17h diariamente. 

Ingressos online: www.parnaso.tur.br/ingresso