PCVB

Version in English I

Blog

voltar

Festival Sesc de Inverno

13/07/2017

Petrópolis está cheia de eventos e festivais que encantam e atraem o público todos os anos e o Festival Sesc de Inverno é um desses. Na edição de 2017, o festival  terá uma maratona de 955 horas de programação cultural, iniciando com os shows de Caetano Veloso, Tom Zé e Baby do Brasil, dia 28/7, nas unidades do Sesc Quitandinha (Petrópolis), Teresópolis e Nova Friburgo, respectivamente. A programação completa será divulgada em breve, mas o Sesc RJ já adianta alguns destaques desta 16ª edição, que celebra os 50 anos do movimento tropicalista com o tema Tropikaos – A arte da criação, norteador de grande parte da programação. O evento se estende até o dia 6 de agosto.

Fique por dentro da prévia da programação e venha se divertir com o Festival que anima e enche a serra de arte e alegria.

DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO

ARTES CÊNICAS

·  O Escândalo Philippe Dussaert

Ganhador de todos os principais prêmios nas categorias “Melhor Ator”, “Melhor Espetáculo" e "Melhor Produção", Marcos Caruso vive nesta comédia um conferencista que divide com o público a investigação do escândalo envolvendo o pintor francês Philippe Dussaert. Na história, as obras do pintor, após sua morte, vão a leilão custando uma fortuna, colocando o estado em uma delicada relação com o dinheiro público, e despertando a avaliação de se o que Dussaert fez é de fato arte ou digno de nota.

Texto: Jacques Mougenot l Tradução: Marilu de Seixas Corrêa l Direção: Fernando Philbert l Interpretação: Marcos Caruso

VALOR: R$20,00 (inteira) | R$10,00 (meia entrada) | R$5,00 (associado Sesc).

CLASSIFICAÇÃO: 12 anos

LOCAIS:

Sesc Quitandinha | 5 de agosto | Teatro Mecanizado  - 21h

Sesc Teresópolis | 6 de agosto | Teatro da unidade – 20h

·  Gigantes da montanha l Grupo Galpão

A fábula “Os Gigantes da Montanha” narra a chegada de uma companhia teatraldecadente a uma vila mágica, povoada por fantasmas e governada pelo Mago Cotrone. Escrita por Luigi Pirandello, a peça é uma alegoria sobre o valor do teatro e, por extensão, da poesia e da arte e sua capacidade de comunicação com o mundo moderno, cada vez mais pragmático e empenhado nos afazeres materiais. A 21a montagem da companhia celebra o retorno da parceria com Gabriel Villela, que assina também a direção de espetáculos marcantes do grupo, como “Romeu e Julieta” (1992) e “A Rua da Amargura” (1994). A Petrobras é patrocinadora do Grupo Galpão

VALOR: R$20,00 (inteira) | R$10,00 (meia entrada) | R$5,00 (associado Sesc).

CLASSIFICAÇÃO: LIVRE

LOCAIS:

Sesc Nova Friburgo | 4 de agosto | Quadra da unidade – 20h

Sesc Teresópolis | 5 de agosto | Quadra da unidade – 18h

Sesc Quitandinha | 6 de agosto | Teatro da unidade – 18h30

·  Universo Casuo

Reúne música, performance, humor e poesia num só Universo. Repleto de cores e movimentos, fazendo uso de efeitos luminosos, sonoros e técnicas especiais, o show resgata a alegria e os sonhos dos espectadores. Utilizando-se de materiais e recursos de alta tecnologia, música ao vivo, enredo próprio e acrobacias de tirar o fôlego.

Trabalho idealizado pelo artista Marcos Casuo, o único brasileiro que chegou a ser protagonista do espetáculo Alegria, do Cirque du Soleil.

VALOR: R$20,00 (inteira) | R$10,00 (meia entrada) | R$5,00 (associado Sesc).

CLASSIFICAÇÃO: Livre

LOCAIS:

Sesc Teresópolis | 29 de julho | Teatro da unidade

Sesc Quitandinha | 30 de julho | Teatro Mecanizado

·  Contra o vento – um musicaos l Complexo Duplo

Espetáculo baseado no diário (fictício) de uma ex-moradora do Solar da Fossa, lendária pensão que abrigou nomes fundamentais da arte e do pensamento de nosso país que surgiam nos anos 1960. A trilha sonora, composta especialmente para o espetáculo, é executada pelos atores. A ordem em que a história será encenada pode mudar a cada dia conforme a escolha da plateia. Em trabalho de pesquisa documental sobre o gênero musical, diretamente ligado à temática do Festival.

VALOR: R$20,00 (inteira) | R$10,00 (meia entrada) | R$5,00 (associado Sesc).

CLASSIFICAÇÃO: Livre

LOCAIS:

Sesc Quitandinha | 29 de julho | Sala de convenções – 18h

Sesc Teresópolis | 30 de julho | Quadra da unidade – 19h

Sesc Nova Friburgo | 5 de agosto | Quadra da unidade –  20h

·  Sobre cisnes

Sobre Cisnes é uma obra de um corpo, sacos plásticos e sapatilhas de ponta. Um vilão poluidor gera figurino, cenário e múltiplas imagens, recriando o sentido amoroso com que Michael Fokine encenou o difícil tema da morte. A delicadeza do solo de Anna Pavlova inspira essa obra de contornos estéticos e políticos.

VALOR: R$20 (inteira), R$10 (meia) e R$5 (Associados Sesc)

CLASSIFICAÇÃO: 12 anos

LOCAIS:

Sesc Nova Friburgo | 3/8 (quinta-feira) | 19h – Teatro – 159 lugares

Sesc Quitandinha| 5/8 (sábado) | 19h – Sala de Convenções – 130 lugares

·  Eu organizo o movimento

O espetáculo performance é uma experiência em que a dança, o teatro e a música exaltam a força do mover-se tão potente no Tropicalismo, como ação vital para o surgimento e desenvolvimento de ideias e conexões, discussão e convívio de diferenças e afirmação do valor da nossa diversidade. Em cena, experimentações criativas que não se encerram. Partituras e cenas criadas, recriadas, liquidificadas que coexistem, mas que se nutrem de um estado de vulnerabilidade, na tentativa de manter viva a atenção, a escuta e a possibilidade do risco, ressaltando o valor da relação construída instantaneamente com o espectador, a cada minuto vivenciado em cena.Criação: Ana Paula Bouzas e Paulo Marques; Direção: Paulo Marques; Intérprete criadora: Ana Paula Bouzas e Trilha sonora/músico: Luiz Brasil

VALOR: GRATUITO

CLASSIFICAÇÃO: Livre

LOCAIS: Sesc Nova Friburgo | 5 de agosto | Palco das artes – 19h

·  Oficina Passando Geleia na cena Geral

Uma oficina com foco em dança, realizado pela bailarina, atriz e coreógrafa Ana Paula Bouzas em parceria com o dramaturgo e diretor Fabio Espírito Santo, ambos do núcleo de criação Meimundo Inventações Compartilhadas. O argumento que conduzirá o trabalho será os 50 anos da Tropicália. Ao final dos encontros, será apresentada uma  intervenção artística no espaço da unidade Sesc Nova Friburgo, onde será compartilhado com o público as experiências criativas vivenciadas na oficina a partir da imersão no tema e das provocações feitas em sala. O trabalho pretende acolher as diversas expressões artísticas propostas pelos participantes, entendendo que o tema evoca a integração das artes, mas terá o trabalho corporal como ponto de partida e ênfase na criação cênica.

VALOR: GRATUITO

CLASSIFICAÇÃO: a partir de 16 anos

LOCAIS:

Sesc Nova Friburgo/ sala de dança

Período: 31 de julho a 6 de agosto

Horário: 14 às 18h

Público Alvo: jovens estudantes e profissionais de artes cênicas (dança e teatro), além de músicos interessados na proposta do trabalho.

Número de vagas: 20

LITERATURA

·  Uma câmara de ecos

O projeto Waly, Uma Câmara de Ecos se trata de uma instalação atmosférica flutuante, criada por Omar Salomão, Suzane Queiroz e Daniel Castanheira. Feita de sarrafos de madeira e alto falantes espalhados por seis nichos. Em cada nicho, uma gravação de uma voz lendo em sequência sete poemas selecionados pela curadora. Em cada nicho será possível ouvir o poema lido. No restante da sala, as vozes ecoarão. Um poema de cada vez lido por seis vozes em ritmos diferentes.

VALOR: Gratuito

CLASSIFICAÇÃO: Livre

LOCAIS: Sesc Quitandinha | 28 de julho à 06 de agosto | Biblioteca

·  Perfomance e homenagem à Nuvem Cigana

Poesia e delírio no Rio dos anos 70, o Festival Sesc de Inverno 2017 realiza uma performance que reúne para realização de uma performance, conhecida como Artimanha, e faz uma homenagem com bate-papo ao influente grupo de poetas formado por Chacal, Charles, Bernardo Vilhena e Ronaldo Santos, que ajudou a renovar a poesia brasileira na década de 1970.

VALOR: Gratuito

CLASSIFICAÇÃO: Livre

LOCAIS:

Sesc Quitandinha | 06 de agosto | Filme | As Incríveis Artimanhas da Nuvem Cigana, direção de Paola Oliveira e Cláudio Lobato | 17h | Homenagem Literária | Nuvem Cigana | 18h30 | Sala de Convenções

·  Carne de umbigo | Espetáculo de Maria Rezende

CARNE DO UMBIGO é um espetáculo intimista em que a poeta e performer carioca Maria Rezende mistura recital de poesia, performance ao vivo e videopoemas. Um recital de poemas contemporâneo, multimídia, em que tradição e novidade dialogam. A concepção e direção ficam a cargo da própria poeta, que sozinha no palco diz poemas de seus três livros de forma cotidiana e informal. Versos que captam um inconsciente coletivo pulsante do feminino, falam de olhar para a cidade e para dentro de si, e traduzem a maturidade de quem viveu amores e perdas e aprendeu a se reconhecer e redescobrir. Como cenário, fotos de Ana Alexandrino de relevos humanos são projetadas. A ambientação é de Lara Cunha e o figurino de Mel Akerman. O espetáculo teve recentemente turnê em Portugal e Espanha. Já esteve em São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte, Belém, e Rio de Janeiro. Costurando a performance ao vivo, videopoemas líricos e fortes trazem a força do audiovisual, com trilhas sonoras de artistas contemporâneos brasileiros e imagens captadas e editadas pela própria poeta – que é também editora de filmes e séries de televisão. O espetáculo tem duração de uma hora e é voltado para o público adulto.

VALOR: Gratuito

CLASSIFICAÇÃO: Livre

LOCAIS: Sesc Teresópolis | 30 de julho | 15h

·  Aos vivos | show de Dimitri BR

No espetáculo AOS VIVOS, o compositor e escritor Dimitri BR apresenta poemas de seu livro OCUPA, além de canções e videocanções suas e em parceria com poetas contemporâneos, como Marília Garcia, Victor Heringer e Bruna Beber, num roteiro que combina poesia falada, música, vídeo e performance.

VALOR: Gratuito

CLASSIFICAÇÃO: Livre

LOCAIS: Sesc Nova Friburgo | Dimitri BR | AOS VIVOS | 15h

·  Boca Suja | guardanapos poéticos

Textos de 10 poetas contemporâneos. Distribuição dos guardanapos poéticos nas unidades e em restaurantes. Sendo eles: Ayrton Alves, Bobby Baq, Bruna Miltrano, Carolina Turboli, Idjahure Kadiwel, Italo Diblasi, Ledusha (Leda Beatriz Abreu Spinardi), Rafael Zacca, Regina Azevedo e Yasmin Nigri.

VALOR: Gratuito

CLASSIFICAÇÃO: Livre

LOCAIS: Sesc Nova Friburgo | Sesc Quitandinha | Sesc Teresópolis | Estabelecimentos

AUDIOVISUAL

·  Symbiosis | Intervenção Urbana

O projeto Symbiosis, da artista Roberta Carvalho, consiste numa série de ações de projeção digital videográfica ou fotográfica em copas de árvores e vegetações, misturando a um só tempo intervenção urbana, fotografia, vídeo digital e instalação. A proposta do projeto vai muito além da utilização da vegetação como anteparo da imagem, e leva ao extremo o nome que o designa, propondo-se a fazer uma simbiose com o local onde transita. É o corpo se adequando ao espaço da natureza, para com ela formar um só organismo, em uma delicada relação simbiótica e simbólica que suscita reflexões acerca da nossa relação de identidade com a natureza e vice-versa.

VALOR: Gratuito

CLASSIFICAÇÃO: Livre

LOCAIS:

Sesc Quitandinha | 28 e 29 de julho | Lago | 19h

Sesc Nova Friburgo | 30 de julho | Pátio Interno | 19h

·  Cinema Novo

Um ensaio poético, um olhar aprofundado e um retrato íntimo sobre o Cinema Novo, movimento cinematográfico brasileiro que colocou o Brasil no mapa do cinema mundial, lançou grandes diretores (como Glauber Rocha, Nelson Pereira dos Santos e Cacá Diegues) e criou uma estética única, essencial e visceral que mudou a história do cinema e a história do Brasil para sempre.

A sessão será seguida de debate com o diretor Eryk Rocha e a atriz Zezé Motta. Mediação: Daniel Caetano

VALOR: Gratuito

CLASSIFICAÇÃO: 12 Anos

LOCAIS: Sesc Nova Friburgo | 06 de agosto | Teatro | 19h

·  O Rei da Vela

Filmagem da montagem histórica da peça de Oswald de Andrade, onde milionários decadentes, filhos depravados, capitalistas corruptos e implacáveis são os personagens interpretados pelo Grupo Oficina, em uma célebre apresentação teatral realizada no ano de 1967, gravada fundamentalmente em 71 e lançada mais de dez anos depois. O filme, raríssimo, foi digitalizado no final de 2016.

A sessão será seguida da Mesa O Rei da Vela – 50 Anos Depois, com participação do diretor Noilton Nunes e do ator Renato Borghi. Mediação: Bernardo Buarque de Holanda.

VALOR: Gratuito

CLASSIFICAÇÃO: 16 Anos

LOCAIS: Sesc Teresópolis | 03 de agosto | Teatro | 17h30

·  Masterclass de Direção de Atores – com Walter Lima Jr.

A oficina irá propor exercícios através dos quais os atores (e eventuais diretores) identificarão os mecanismos de criação que os aproxima. A proposta é apresentar e discutir o diálogo do diretor com o ator diante do roteiro, propondo uma divisão deste momento de criação. A oficina abordará pontos como: A compreensão do personagem e escolha do intérprete | A identificação do arco dramático do personagem e a escolha das motivações que farão o ator sentir-se pleno dentro da cena | A fundamental importância da compreensão do texto e o papel do improviso | A decupagem dos sentimentos do personagem em ações que permitam criar uma inteligente modulação entre o sentir e o agir. Ser ou representar, eis a questão.

VALOR: Gratuito

CLASSIFICAÇÃO: 18 Anos

LOCAIS:

Sesc Quitandinha | 05 de agosto | Torre | 14h

Sesc Nova Friburgo | 06 de agosto | Mini Auditório | 14h

MÚSICA

·  Caetano Veloso

Com uma carreira que já ultrapassa cinco décadas, Caetano construiu uma obra musical marcada pela releitura e renovação e considerada amplamente como possuidora de grande valor intelectual e poético. Caetano Veloso é considerado um dos artistas brasileiros mais influentes desde a década de 1960, tendo já sido chamado de "aedo pós-moderno". Em 2004, foi considerado um dos mais respeitados e produtivos músicos latino-americanos do mundo, tendo mais de cinquenta discos lançados. Foi eleito pela revista Rolling Stone, o 4º maior artista da música brasileira de todos os tempos pelo conjunto da obra e pela mesma revista, o 8º maior cantor brasileiro de todos os tempos.

VALOR: R$ 20,00, R$ 10,00 (meia) e R$ 5,00 (assoc. SESC)

CLASSIFICAÇÃO: 14 anos

LOCAL: Sesc Quitandinha | 28 de julho | Música | 20h | Teatro Mecanizado

·  Tom Zé

DESCRIÇÃO: Tom Zé apresenta o espetáculo “Tropicália Lixo lógico”. Neste trabalho Tom Zé propõe uma visão, uma teoria sobre a Tropicália, mais um de seus riquíssimos estudos sobre nossa música, contribuição valiosa e de uma coerência e ousadia ímpar.

VALOR: R$ 20,00, R$ 10,00 (meia) e R$ 5,00 (assoc. SESC)

CLASSIFICAÇÃO: 14 anos

LOCAL: Sesc Teresópolis | 28 de julho | Música | 20h | Quadra

·  Criolo

DESCRIÇÃO: Show de lançamento do quarto álbum de estúdio de Criolo, “Espiral de Ilusão”, O show também contará com sambas inéditos que ficaram fora do disco. Todas as músicas são de autoria do Criolo, com exceção de “Hora da Decisão” (Ricardo Rabelo e Dito Silva) e “Filha do Maneco” (Criolo, Ricardo Rabelo e Jefferson Santiago).

VALOR: R$ 20,00, R$ 10,00 (meia) e R$ 5,00 (assoc. SESC)

CLASSIFICAÇÃO: 14 anos

LOCAIS:

Sesc Teresópolis | 04 de agosto | Música | 20h | Quadra

Sesc Quitandinha | 03 de agosto | Música | 21h | Teatro Mecanizado

·  Mano Brown

DESCRIÇÃO: Show de lançamento do primeiro álbum solo de Mano Brown.  Ao lado do cantor Lino Krizz, Mano Brown sobe ao palco com uma banda formada por mais de 10 músicos, 2 backing vocals, além do experiente DJ Dri. O repertório do show conta com as composições de seu álbum de estreia, onde algumas faixas já são bem conhecidas dos fãs como Mulher Elétrica, Dance Dance Dance e Amor Distante.

VALOR: R$ 20,00, R$ 10,00 (meia) e R$ 5,00 (assoc. SESC)

CLASSIFICAÇÃO: 14 anos

LOCAL: Sesc Nova Friburgo | 03 de agosto | Música | 20h | Quadra

ARTES VISUAIS

·  Tropicália

Explodindo a cena cultural do final dos anos 60 do Brasil. Tropicália foi o movimento revolucionário que influenciou a arte, a política, a música e a moda da época. A exposição revisita a energia e a emoção deste momento seminal na cultura brasileira. A mostra examina sua relação com a paisagem urbana e política conturbada no final dos anos sessenta e início dos anos setenta, demonstra a amplitude de movimentos, incluindo capas de álbuns, moda, cartazes, documentários, publicidade, livros, peças de teatro e imagens de televisão. Serão utilizados novos recursos tecnológicos como projeções e áudios imersivos. A ideia é produzir uma viagem interativa e multidisciplinar entre as várias linguagens tropicalistas. A Exposição Tropicália tem curadoria de Heloisa Buarque de Holanda e Batman Zavareze, que também assina a Direção de Arte.

VALOR: Gratuito

CLASSIFICAÇÃO: Livre

LOCAIS:

Sesc Quitandinha - 29/07 a 06/08 das 10h às 17h

Sesc Nova Friburgo 28/07 a 06/08 das 09h às 21h

Sesc Teresópolis 28/07 a 06/08 das 09h às 20h

·  Tom Zé 80 anos

A exposição Tom Zé 80 anos, que celebra as oito décadas de vida do cantor e compositor tropicalista e ícone da Música Popular Brasileira. Inédita reúne obras gráficas, digitais e interativas que reavivam a trajetória do baiano, natural de Irará, que revolucionou o fazer musical no Brasil.

Músicas, fotos, textos e depoimentos são traduzidos em instalações concebidas especialmente para a exposição e que, assim como o homenageado, utilizam-se da multiplicidade de meios e linguagens na concepção artística.

VALOR: Gratuito

CLASSIFICAÇÃO: Livre

LOCAIS: Sesc Quitandinha 29/07 a 06/08 das 10h às 17h.

Oficina Família: O FAZER ARTÍSTICO ATRAVÉS DA COLAGEM: LINDONÉIA E OS TROPICALISTAS /com CAROLINA RODRIGUES OTAVIANO

A proposta da Oficina é apresentar o movimento tropicalista a partir da música Lindonéia, produzindo com os participantes um quadro inspirado nesse diálogo entre música e artes plásticas. Sesc Quitandinha, 30 de julho, 10h30  e 14h. Sesc Teresópolis, 05 de agosto, 10h30  e 14h. Sesc Nova Friburgo, 06 de agosto, 10h30  e 14h.

Oficina teórica: TROPICÁLIA 50 ANOS / com JORGE LUÍS P. RODRIGUES (CAÊ RODRIGUES)

Oficina debate os antecedentes do movimento Tropicalista – O movimento Concreto e o Neo-concreto; A Bossa Nova; os Festivais da Canção; Ditadura militar. Suas Influências – O mundo pop; carnavalização; psicodélico; justaposição do arcaico e o moderno; antropofagia cultural. Linguagens do Movimento – Artes plásticas, Cinema, Teatro e Música. Sesc Nova Friburgo, 29 de julho, 10h30  e 14h. Sesc Quitandinha, 3 de agosto, 10h30  e 14h. Sesc Teresópolis, 04 de agosto, 10h30  e 14h.

OFICINA PRÁTICA A OBRA É O CORPO: NA GINGA DOS PARANGOLÉS, O RITMO E O RITO/ COM VERA TERRA

A oficina revisita os Parangolés de Hélio Oiticica, em sua concepção do corpo como obra, propondo uma experiência de sensibilização e criação artística em que o corpo, envolto em tecidos de diferentes texturas, cores e tonalidades, se movimenta sob diferentes ritmos, buscando alcançar um pulsar coletivo, que a todos integre numa mesma experiência lúdica e ritualística. Sesc Teresópolis, 29 de julho, 10h30 e 14h. Sesc Nova Friburgo, 3 de agosto, 10h30  e 14h. Sesc Quitandinha, 04 de agosto, 10h30  e 14h.

OFICINA PRÁTICA: PARANGOLÉS E PENETRÁVEIS/ COM ANDRÉA FALCÃO

A atividade faz parte de uma série de ações que visam comemorar os 50 anos do movimento tropicalista. A proposta desta oficina foi desenvolvida tendo como inspiração a obra de Hélio Oiticica, mais especificamente, a instalação intitulada “Tropicália” e seus “parangolés”. Durante o trabalho os participantes serão convidados a criar a partir dos materiais oferecidos seus próprios parangolés e suas instalações “penetráveis” e depois interagir com elas explorando suas possibilidades plásticas e de movimento. Sesc Quitandinha 29 de julho, 10h30  e 14h. Sesc Teresópolis, 3 de agosto, 10h30  e 14h. Sesc Nova Friburgo, 04 de agosto, 10h30  e 14h.

Programação sujeita a alteração.

Para mais informações entre em contato com as unidades:

Unidade Quitandinha

(24) 2245-4971 / (24) 2291-4465

(Terça, 9h às 18h. Quarta, quinta, domingo e feriado, 9h às 22h. Sexta e sábado, 99h às 23h);

Unidade Nova Friburgo

(22) 2543-5000

(Terça a sexta, 8h às 21h. Sábado e domingo, 9h às 18h);

Unidade Teresópolis

(Terça a sexta, 7h às 21h. Sábado e domingo, 9h às 18h).

Estamos te esperando para esse grande evento!


Comentários