PCVB

Version in English I

Blog

voltar

17º FESTIVAL DE INVERNO DE PETRÓPOLIS

07/07/2017

Concertos, ópera, música popular e instrumental, shows e atividades infantis, estão entre as atrações que vão tomar conta da cidade em 10 dias de programação intensa e gratuita a partir de 7 de julho. O Festival de Inverno de Petrópolis 2017 é uma realização do Instituto Dell’Arte, fundado e dirigido pela professora de piano e empresária, Myrian Dauelsberg. Nascida no Rio de Janeiro, Myrian é filha da violinista brasileira Mariuccia Lacovino e do empreendedor do setor de construção, o italiano Bruno Lucci. Herdou, da mãe, a paixão pela música e, do pai, o espírito empreendedor.
O evento é reconhecido como um dos festivais de música mais importantes do Brasil. Para o cenário, foram escolhidos espaços considerados patrimônios históricos e artísticos localizados no Centro Histórico de Petrópolis, como a Catedral São Pedro de Alcântara, o Museu Imperial, o Palácio de Cristal, o Theatro D. Pedro e Praça da Liberdade. Com 10 dias de festa e mais de 30 atrações, o Festival deve atrair centenas de moradores e turistas que poderão apreciar espetáculos da mais alta qualidade e de diferentes gêneros musicais.

PROGRAMAÇÃO

07 de Julho - Orquestra Sinfônica CESGRANRIO - A abertura oficial do evento.
Maestro: Eder Paolozzi |Participação: Coral dos Canarinhos de Petrópolis
Maestro: Marco Aurélio Lischt | Obras de: Beethoven, Mozart, Bach e Handel
Onde: Catedral D. Pedro de Alcântara (R. São Pedro Alcântara, 60 - Centro, Petrópolis – RJ).
Horário: 20:00
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível)

08 de Julho – Peça Infantil “Quem é você?”
A peça “Quem é você?”, apresenta uma narrativa original, na qual os espectadores são convidados a observarem com cuidado aquele que sofre o bullying mas, principalmente aqueles que o praticam. O espetáculo expõe para a plateia todo tipo de fragilidade que se esconde detrás da pretensa superioridade daquele que comete o bullying. A intenção, com isso, é desencorajar a prática do bullying entre as pessoas, que podem se ver constrangidos a encararem publicamente os problemas que pretendem esconder (de forma consciente ou não) ao tentarem parecer fortes, ao tentarem fazer com que o outro pareça fraco.
Texto: Leandro Bellini |Direção: Márcio Fonseca |Direção de movimento: Caroline Monlleo
Trilha Sonora: Nando Motta | Produção: Daniela Vieira e Hellen Caroline
Onde: Centro de Cultura Raul de Leoni (Praça Visc. de Mauá, 305 - Centro, Petrópolis - RJ).
Horário: 11:00
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível)

08 de Julho – Quinta Essentia Quartet – Concerto a Luz de Velas

O Quinta Essentia é um dos principais grupos de música de câmara do Brasil e um dos poucos no mundo a divulgar a flauta doce em diferentes universos musicais. Em seus concertos, o quarteto procura reunir obras originais, transcrições, adaptações e arranjos com o intuito de divulgar a flauta doce, sua família de instrumentos e a formação quarteto.
Onde: Cineteatro do Museu Imperial (Rua da Imperatriz, 220 - Centro, Petrópolis - RJ).
Horário: 18:00
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível)

08 de Julho – Blue Bleetles – Tributo aos Beatles
Formada em 2008, por Marcus Romariz a BlueBeetles Band subiu ao palco pela primeira vez na casa de shows Mistura Fina, em Ipanema, no Rio de Janeiro. No ano seguinte, apresentou-se no Vinícius Show Bar, também em Ipanema, e logo a seguir foi convidada a participar, em agosto de 2010, da BeatleWeek, festival internacional realizado todos os anos em Liverpool, na Inglaterra. Foi a única banda do Rio de Janeiro a tocar em Liverpool na festa dos 50 anos do surgimento dos Beatles em Agosto de 2010.
Onde: Teatro D. Pedro (Praça dos Expedicionários - Centro, Petrópolis - RJ).
Horário: 20:00
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. No Theatro D. Pedro II , será necessário retirar os ingressos com 1 hora de antecedência, nos outros locais será por ordem de chegada.)

09 de Julho – “ O festival vai a Praça” – Tema: Folclore Brasileiro

Os alunos das escolas municipais de Petrópolis apresentarão atividades artísticas com o tema “Folclore Brasileiro” na manhã do dia 09 de julho em uma programação que envolve toda a família. Cultura e Educação caminham juntas neste evento que oferece um momento de aproximação entre pais, alunos e a comunidade petropolitana, através de manifestações culturais e artísticas diversificadas. A criação dos trabalhos e a forma a serem apresentados são de inteira responsabilidade dos professores e alunos, podendo trabalhar o tema com dança, música, poesia, teatro, arte, entre outros.
Onde: Praça da Liberdade (Av. Köeller, 341 - Centro, Petrópolis - RJ).
Horário: 10:00
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível)

09 de Julho – Recital de Órgão - Marco Aurélio Lischt

Petropolitano foi membro do Coral dos Canarinhos de Petrópolis. É formado em piano e órgão pela Escola de Música da UFRJ com mestrado em órgão em 1993. Formou-se na Escola Superior de Música de Frankfurt, em Música Sacra. Atualmente é Maestro e Diretor Artístico do Coral dos Canarinhos de Petrópolis, organista voluntário da Catedral São Pedro de Alcântara em Petrópolis e Diretor Artístico da Série Concertos de Órgão na Catedral (desde 2011). É ainda presidente da Federação Nacional dos Meninos Cantores do Brasil (desde 2010).
Onde: Catedral D. Pedro de Alcântara (R. São Pedro Alcântara, 60 - Centro, Petrópolis – RJ).
Horário: 14:00
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível)

09 de Julho – Viva La Mamma – Uma divertida ópera sobre a ópera.

O que poderia ser mais engraçado do que uma ópera sobre os bastidores de uma ópera, especialmente se você coloca em cena uma prima donna com um ego infladíssimo e a mamma da seconda donna brigando com o diretor por um papel mais expressivo para sua filha? Certamente foi isso o que pensou o grande compositor italiano Gaetano Donizetti quando escreveu Viva la mamma, uma de suas mais conhecidas e populares óperas. Ambientada na cena lírica da capital do Império brasileiro certamente esta montagem agradará o público de todas as idades.Onde: Teatro D. Pedro (Praça dos Expedicionários - Centro, Petrópolis - RJ).
Horário: 16:00
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. No Theatro D. Pedro II , será necessário retirar os ingressos com 1 hora de antecedência, nos outros locais será por ordem de chegada.)

10 de Julho – PianOrquestra – Dez Mãos e um Piano

O PianOrquestra se destaca pela originalidade e qualidade com um trabalho que envolve quatro pianistas, uma percussionista e um piano preparado. Em 2016, recebeu a maior pontuação das 3 Américas para participar do showcase Classical Next, na Holanda. Considerado um dos 10 melhores concertos de 2016 pelo jornal O Globo. O espetáculo também realizou temporadas com casa esgotada em Curitiba e Rio de Janeiro.
Com luvas, baquetas, palhetas de violão, fios de náilon, sandálias de borracha, peças de metal, madeira, tecido e plástico, o PianOrquestra explora as infinitas possibilidades de timbres e sonoridades produzidos pelo piano, transformando o instrumento em sua própria orquestra.
Onde: Teatro D. Pedro (Praça dos Expedicionários - Centro, Petrópolis - RJ).
Horário: 20:30
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. No Theatro D. Pedro II , será necessário retirar os ingressos com 1 hora de antecedência, nos outros locais será por ordem de chegada.)

11 de Julho – Concertos ao meio-dia – Solistas João Elias e Aleyson Scopel
Tchaikovsky, Pyotr (Aleyson Scopel) - Concerto para piano No.1, Op.23I.

Allegro non troppo e molto maestoso – Allegro con spirito
II. Andantino semplice – Prestissimo
III. Allegro con fuoco.
Ludwig Van Beethoven (João Elias) - Concerto para Piano No.1, Op.15
I. Allegro con brio
II. Largo
III. Rondo. Allegro
Onde: Cineteatro do Museu Imperial (Rua da Imperatriz, 220 - Centro, Petrópolis - RJ).
Horário: 12:00
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível)

12 de Julho – Concertos ao meio-dia – Solistas Silas Barbosa e Patrícia Glatzl

Concertos: Chopin nº1 e nº 2
Onde: Cineteatro do Museu Imperial (Rua da Imperatriz, 220 - Centro, Petrópolis - RJ).
Horário: 12:00
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível)

12 de Julho – Coral Brasil Ensemble - UFRJ

Criado em 1999 por Maria José Chevitarese o coral Brasil Ensemble recebeu em 2000 o Diploma de Prata na categoria de coros de câmara, vozes mistas, na Choir Olympics 2000, em Linz, Áustria. Atuou junto a Orquestra Sinfônica Brasileira, Orquestra Sinfônica da UFRJ e Orquestra Sinfônica Nacional. Participou das óperas Amahl e os Visitantes da Noite de Menotti, Maroquinhas Fru-Fru de Ernst Mahle, Joca, Juca e o Pé de Jaca de Rafael Bezerra (primeira audição mundial), O Cavalinho Azul de Tim Rescala e Os Irmãos Repentistas e os Pandeiros encantados de Rafael Bezerra (primeira audição mundial). Com a Orquestra Filarmônica do Espírito Santo o Réquiem de Verdi, sob a regência de Leonardo David, Nona Sinfonia de Beethoven e Missa em C maior, sob a regência de Helder Trefzger.Onde: Teatro D. Pedro (Praça dos Expedicionários - Centro, Petrópolis - RJ).
Horário: 19:30
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. No Theatro D. Pedro II , será necessário retirar os ingressos com 1 hora de antecedência, nos outros locais será por ordem de chegada.)

12 de Julho – Mark Lambert & Trio MPA – SESI Cristal Jazz

Radicado no Brasil desde 2004 o músico norte-americano é guitarrista, cantor, compositor e arranjador, especializado em jazz, blues, pop, MPB e música clássica. Durante a década de 90, Lambert foi diretor-musical de Astrud Gilberto um ícone da Bossa Nova no exterior realizando turnês pelo Japão, EUA e Europa, e coproduzindo seus dois últimos CD. Tem uma extensa ficha de colaborações em palco e em estúdio com Ivan Lins, Michael Brecker, Bebel Gilberto, Renaissance, Eliane Elias, Dave Douglas, Milton Nascimento, Chris Potter, Meatloaf, Bob Mintzer, Erasmo Carlos, Dave Kikoski, Chiara Civello, Mike Mainieri, Darlene Love, Phoebe Snow, Gunhild Carling, os NY Voices, Daniel Boaventura, Toninho Horta, Zé da Velha, Silvério Pontes e Idriss Boudrioua.
Onde: Palácio de Cristal (R. Alfredo Pachá, s/n - Centro, Petrópolis - RJ).
Horário: 20:30
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível.)

13 de Julho – “Começaria Tudo Outra Vez” – As canções de Gonzaguinha

“Começaria tudo outra vez - As canções do Gonzaguinha” é um espetáculo que conta e canta um pouco da vida do escritor e cantor. As suas várias facetas, romântico, político, moleque e rebelde, estão presentes no roteiro, relembrando as músicas interpretadas por ele e por diversos outros artistas. Toda essa diversidade com seus grandes sucessos, guardados na memória de todos, transportará o público para uma viagem que começou há cerca de 40 anos e, certamente, continuará ao longo do tempo. Roberta Spindel e Marcus Brandão interpretam as músicas deste grande artista da MPB.
Onde: Teatro D. Pedro (Praça dos Expedicionários - Centro, Petrópolis - RJ).
Horário: 19:30
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. No Theatro D. Pedro II , será necessário retirar os ingressos com 1 hora de antecedência, nos outros locais será por ordem de chegada.)

13 de Julho – Gilson Peranzzetta Trio – Show: “Como o vinho – 60 anos de música” SESI Cristal Jazz

O pianista, compositor, arranjador, produtor e maestro, Gilson Peranzzetta é, sem dúvida, um dos mais renomados músicos brasileiros da atualidade. Vencedor de cinco Prêmios da Música Brasileira, citado pelo maestro e produtor Quincy Jones como um dos maiores arranjadores do planeta, autor de sucessos mundiais como Love Dance e Setembro, Peranzzetta é internacionalmente reconhecido pela sofisticação de suas composições e arranjos e sua excelência como solista. Em abril de 2016 Gilson comemorou seus 70 anos com uma apresentação na Sala Cecília Meireles no Rio de Janeiro, com as participações especiais de João Senise, Leny Andrade, Mauro Senise, Quarteto Radamés Gnattali e Valéria Lobão. Completando o time Zeca Assumpção no baixo e João Cortez na bateria. O espetáculo, gravado ao vivo, resultou no CD “Como Vinho”, lançado este ano pelo selo Fina Flor, de Ruy Quaresma. Gilson Peranzzetta desenvolve precioso trabalho de resgate e preservação musical, fazendo uma releitura de clássicos da MPB e do jazz criando uma nova concepção harmônica na clássica formação de trio - piano, baixo acústico e bateria.
Onde: Palácio de Cristal (R. Alfredo Pachá, s/n - Centro, Petrópolis - RJ).
Horário: 20:30
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível.)

14 de Julho – “Vida de Bailarina” – Palestra com Ana Botafogo

Ana Botafogo, é Primeira Bailarina e Diretora Artística do Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Nasceu no Rio de Janeiro, onde começou desde criança seus estudos de balé. Iniciou sua carreira profissional na França integrando o Ballet de Marseille, de Roland Petit. Participou de Festivais em Lausanne, Veneza, Havana e na Gala Ibero-americana de La Danza, representando o Brasil em Madrid. Apresentou-se ainda em vários países da Europa e das Américas do Norte, Central e do Sul. Foi Bailarina Principal do Teatro Guaíra e da Associação de Ballet do RJ. Em 1981, ingressou no Theatro Municipal do Rio de Janeiro já como Primeira Bailarina cargo em que permanece até hoje. Entre seus títulos, destacam-se o de Embaixadora da Cidade do Rio de Janeiro, o de Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, Chevalier dans L’Ordre des Arts et des Lettres (Ministério da Cultura da França), o Troféu Mambembe-1998, a Ordem do Mérito Cultural (Ministério da Cultura brasileiro) na classe de "Comendador" e a Medalha Pedro Ernesto. Como artista convidada dançou com importantes companhias tais como Saddler’s Wells Royal Ballet, Ballet Nacional de Cuba, Ballet da Ópera de Roma, entre outras.
Onde: Teatro D. Pedro (Praça dos Expedicionários - Centro, Petrópolis - RJ).
Horário: 15:30
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. No Theatro D. Pedro II , será necessário retirar os ingressos com 1 hora de antecedência, nos outros locais será por ordem de chegada.)

14 de Julho – Camerata de Violões

O grupo nasceu numa reunião de professores do Conservatório Brasileiro de Música e ganhou espaço no cenário musical com vibrantes interpretações de um repertório brasileiro de altíssima qualidade. Seu primeiro CD lançado em 2001 recebeu referências elogiosas da crítica especializada nacional e internacional. A revista inglesa CLASSICAL GUITAR referiu-se ao conjunto como “uma orquestra de violões que produz um som deslumbrante”. Com apresentações em diversos estados brasileiros, a Camerata de Violões do CBM vem conquistando a admiração do público e de grandes músicos como Hermeto Pascoal, que já dedicou uma composição inédita ao octeto. O segundo CD do grupo foi gravado e lançado pela gravadora Biscoito Fino, e obteve indicação ao GRAMMY 2009 na categoria melhor álbum instrumental. O terceiro CD "Suítes do Brasil" foi lançado em 2016, ano que a Camerata completou vinte anos de atividades.
Integrantes: Artur Gouvêa, Marco Lima, Fabio Nin, Luciano Camara, Eduardo Gatto, Valmyr de Oliveira, Adriano Furtado e Rogério Borda
Onde: Cineteatro do Museu Imperial (Rua da Imperatriz, 220 - Centro, Petrópolis - RJ).
Horário: 18:00
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível)

14 de Julho – Mauro Senise Quarteto – Marco Senise toca Gilberto Gil – SESI Cristal Jazz
Mauro Senise, 67 anos com 45 de carreira, começou a fazer música depois dos vinte. Teve como mestres Odette Ernest Dias na flauta e Paulo Moura no saxofone. Seguiu com Hermeto Pascoal. As turnês com Egberto Gismonti o levaram a gravar até em Oslo. A experiência de big band veio com o Rio Jazz Orchestra e a de flautas com o Quinteto Pixinguinha. Mauro está no auge de sua arte e fez do saxofone uma extensão do seu corpo, dedos ágeis acionados pelo cérebro esperto. O fruto de trabalho duro. A voz principal de Mauro Senise é o saxofone alto. O timbre cristalino foi aperfeiçoado ao custo de muitas horas diárias de estudo, mas ele sabe também modular o sopro, acentuando uma nota aqui, entortando uma frase ali – enfim, usando todo o arsenal de efeitos sonoros dos grandes jazzistas. Mauro Senise já gravou vários CD e é considerado um dos maiores e mais expressivos instrumentistas brasileiros.
Onde: Palácio de Cristal (R. Alfredo Pachá, s/n - Centro, Petrópolis - RJ).
Horário: 20:30
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível.)

15 de Julho – Márcio Gomes “Eternas Canções”

No show "Eternas Canções", Márcio Gomes celebra um momento mais que especial, lancando o quinto CD de sua carreira (o primeiro ao vivo) produzido por Thiago Marques Luiz. À frente de uma super banda, Márcio apresenta um repertório de grandes clássicos lembrando personagens que marcaram a música brasileira, como Altemar Dutra (Sentimental demais/Somos iguais), Taiguara (Hoje), Jessé (Porto solidão) e Elizeth Cardoso (Cancão da manhã feliz). Há também canções de Caetano Veloso (Força estranha), Capiba (Serenata suburbana), Moacyr Franco (Eu nunca mais vou te esquecer), Adelino Moreira (Devolvi), além do lançamento de uma música inédita escrita para esse show por Reinaldo Arias e Carlos Colla com o mesmo nome do espetáculo “Eternas Canções”
Onde: Teatro D. Pedro (Praça dos Expedicionários - Centro, Petrópolis - RJ).
Horário: 19:30
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. No Theatro D. Pedro II , será necessário retirar os ingressos com 1 hora de antecedência, nos outros locais será por ordem de chegada.)

15 de Julho – Roberta Spindel “Show Fina Flor”
Roberta se lançou em 2011 como intérprete com o disco "Dentro do meu olhar". Regravou Gil, Djavan e Caetano Veloso, com quem dividiu uma faixa no disco. Com o mesmo álbum foi indicada na categoria Revelação ao prêmio Multishow de música. Teve duas músicas nas trilhas sonoras das novelas "Amor eterno amor" e "Morde e assopra", ambas da Rede Globo. Esse álbum foi produzido por Max Pierre (Ivete Sangalo, Sandy e Junior, Zeca Pagodinho, entre muitos) e gravado em Los Angeles por alguns dos melhores músicos do mundo. Desde menina já compunha letras e melodias. Aos 16 anos foi classificada para cantar sua composição no concurso nacional "Coca-cola New Sounds". Desde então vem desenvolvendo trabalho autoral.
A música Fina Flor foi produzida pelo reconhecido produtor musical Nilo Romero com os músicos Rodrigo Suricato na guitarra, e Lui Coimbra no Cello. Roberta lança agora o single "Depois do temporal", gravado por Christian Oyens (The Voice Brasil, Zélia Duncan, Cazuza, Lulu Santos, Adriana Calcanhoto, Marina Lima), André Vasconcelos (Hamilton de Hollanda, Leila Pinheiro), Fabrício Mattos e GeFonseca (Kid abelha, Fernanda Abreu).
Onde: Palácio de Cristal (R. Alfredo Pachá, s/n - Centro, Petrópolis - RJ).
Horário: 20:30
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível.)

16 de Julho – Encerramento do XVII Festival de Inverno de Petrópolis – “ A Orquestra Sinfônica de Barra Mansa”
Estabelecida em 2005, como um desafio para o Projeto Música nas Escolas, que havia sido criado há apenas dois anos, mas que exibia já profissionais com qualidade técnica estreou sob a regência de seu diretor artístico Vantoil de Souza. Realiza anualmente sua temporada oficial, com concertos na Igreja Matriz de São Sebastião, quando recebe importantes solistas e maestros nacionais e internacionais. Os artistas convidados realizam oficinas e ministram master classes para os músicos da orquestra e alunos avançados do projeto realizando um intercâmbio cultural e musical, que agrega valor artístico para Barra Mansa e região.
Onde: Teatro D. Pedro (Praça dos Expedicionários - Centro, Petrópolis - RJ).
Horário: 17:00
Entrada Gratuita (Toda a programação será gratuita mediante a doação de 1kg de alimento não perecível. No Theatro D. Pedro II , será necessário retirar os ingressos com 1 hora de antecedência, nos outros locais será por ordem de chegada.)

Aproveite essa oportunidade de participar desse festival incrível, repleto de cultura, arte, música boa e excelentes artistas e já se programe para não perder nada!

Mais informações no site www.visitepetropolis.com
Petrópolis Convention: (24) 2222-6255
Informações Turísticas: (24)2222-7100
Disque Turismo: 0800 024 1516


Comentários